sábado, 21 de janeiro de 2012

Doença do Carrapato (E carrapatos) - O que é, como tratar e diagnosticar

Oi pessoal! =)

Um AUmiguinho do Nero está doente, o Yosh, o pequeno pegou a Doença do Carrapato, mas certamente como eu, algumas pessoas não sabem o que é, nem como diagnosticar ou tratar....Então resolvi fazer esse post para ajudar as mamães que descobriram que seus peludos estão com essa "praga" (sim, o carrapato é uma praga e um ácaro também hehehe) Bom, brincadeiras à parte, vamos começar nosso post! Clique em Continue lendo >>
Obs.: O Post é um pouco grande, mas vale a pena! Leia com atenção!


Essa é uma doença que infelizmente é mais comum do que parece na vida dos cães, e quando seus donos desconfiam e vão ao veterinário, as vezes não há mais nada a fazer...

Então, primeiro vamos conhecer o 'pior' inimigo deles, o carrapato :
 Esse bichinhos que inicialmente são minúsculos, tornam-se verdadeiros vampiros, são parasitas e se alimentam do sangue do hospedeiro (cães, gatos, bois, vacas etc... Sim, até bois e vacas podem pegar carrapatos) . Pelas caracteristicas dadas a eles, os carrapatos são parasitas temporários (uffa!) e obrigatórios. -Mas obrigatórios porque? Quer dizer que todo cachorro tem que ter carrapato?- Não, não é nada disso que você está pensando, eles são obrigatórios porque não podem viver sem seu hospedeiro, (na maioria dos casos, os cães) do qual puxam o sangue, se alimentam e continuam sua vidinha chata (imagina ser um carrapato, deve ser horrível, não?) e temporários porque depois de chuparem o sangue, vão embora... quer dizer que alem de terem uma vida chata, ainda vão embora, deixar mais e mais cães e pessoas doentes? palhaçada isso ¬¬ Esses mini-vampirinhos ficam em áreas mais finas da pele; as de baixo das orelhas, por exemplo. Cada carrapato fêmea adulta é capaz de por cerca de 3 mil e 5 mil ovos, depois de já crescidas, essas larvas ficam muito ativas e resistentes...Elas iram procurar um cão imediatamente e sugar seu sangue por 3 a 6 dias, depois soltam-se e caem e transforma-se numa Ninfa com 4 pares de pernas ela irá procurar um cão sugar seu sangue novamente até se saciar, sairá e se transformará num jovem adulto sexuado também com 4 pares de perninhas, esse pequeno vampirinho irá (de novo o.O) procurar um outro cão para se alimentar e se tornar adulto. O acasalamento é sobre o próprio hospedeiro, enquanto sugam mais sangue, mas desta vez, por cerca de 10 dias. A fêmea, que está repleta de sangue sai agora a procura de um lugar mais favorável para por seus ovos, como buracos nos tetos, celeiros e alguns tipos de solos. Como os carrapatos preferem climas quentes ou mais úmidos, são mais comuns no Nordeste e menos no Sul e Sudeste. 


A doença: ERLIQUIOSE
Esse nome estranho aí em cima é a mesma coisa que a Doença do Carrapato é transmitida obviamente por carrapatos do gênero RHIPICEPHALUS SANGUINEUS (uffa, quase não dou conta de escrever kk) que é muito comum em cães, mas muito rara também em gatos. Nos cães, seus principais hospedeiros o carrapato transmissor é o ERLICHIA CANIS. A transmissão é feita quando um carrapato ataca um cão contaminado pela ERLICHIA, e depois picar um cãozinho saudável e feliz , e faz com que a doença entre na corrente sanguínea do cão sadio, causando anemia pela desnutrição das células vermelhas.


Os Sintomas:
Os sintomas dependem de como o organismo vai reagir a doença. A ERLICHIOSE pode se desenvolver em até 3 fases:

Na 1º, que é chamada fase aguda (onde o animal ainda pode ter carrapatos e a doença ainda pode ser transmitida) os sintomas como febre, falta de apetite, perda de peso e e uma certa tristeza surgem entre a 1º e a 3º semana após a infecção. Também é possível que o animal apresente sangramento nasal, urinário, vômitos, manchas na pele e dificuldade de respirar. É nessa fase que nem sempre o dono percebe que o animal está doente.



A fase Subclínica, que dura de 6 a 10 semanas, o cão é aparentemente saudável, sem que apresente nenhum sintoma, só mesmo alterações nos exames de sangue. Alguns ainda ficam com as patas inchadas, perda de apetite, mucosas, sangramento, cegueira...


Na 3º fase, chamada fase crônica os sintomas são percebidos com mais facilidade, tais como perda de peso abdômen sensível e dolorido, depressão, pequenas hemorragias edemas nos membros e mais facilidade de se infectar com outras doenças


~> A BABESIOSE
Essa doença já é uma espécie de parasita, que não é transmitida ao homem. Seu transmissor é o carrapato RHIPICEPHALUS SANGUINEUS, ele destrói as células sanguíneas, causando anemia e podendo levar o cão a morte. O carrapato se alimenta de um cão contaminado e pica um saudável, dando continuidade ao ciclo de contaminação da doença. 


Os Sintomas:
O animal contaminado apresenta sintomas como:
* Perca de Apetite
* Febre
* Desanimo 
* Fezes com Sangue 
* Sangramentos 
Em alguns casos, filotes de até 8 a 12 semanas  podem estar imunes a doença graças ao anticorpos herdados da mãe. Os que tem mais facilidade de contagiar a doença são os debilitados e muito estressados.  Na fase cronica da doença,a destruição das células sanguíneas é menor do que nos casos mais agudos, que causa o aumento do baço e o surgimento do Amarelão. Esses sintomas as vezes podem demorar semanas e ate meses para se tornarem evidentes, eles variam de acordo com a idade, raça número de carrapatos encontrados...etc. Lembre-se que quanto mais cedo for diagnosticada a doença, as chances de cura serão bem maiores, o diagnostico é feito através de um exame de sangue, que demora até 24 hrs para sair, depois de diagnosticado, já é recomendado iniciar o tratamento. 


E como PREVENIR ?
Não há vacinas contra essas doenças, o único meio de afasta-la é eliminando o carrapato do ambiente. É impotante também dar uma olhadinha nas coisas do cachorro como a casinha, espaço onde ele fica, roupas, enfim...O lança chamas também é um grande aliado para ser usado em paredes ou no chão (que não corram o risco de pegar fogo ou desabar, peloamordeDeus) Para o cão existem uma grande variedade de shampoos, coleiras sabonetes, que previnem que os pequenos vampirinhos apareçam em nossos peludos.
Obs.: Não use veneno para animais de grande porte!


Bom, espero que esse pequeno, mas trabalhoso post ajude muitas pessoas e animais! E que nosso amigo Yosh melhore! Eu fico por aqui e até a próxima postagem! 

6 comentários:

  1. O Yoshi com fé em Deus vai ficar melhor Klarinha!Espero que o AUmigo dele nunca fique dodói viu? =]
    Beijoooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yoshii lindão! Já melhorou né Lari?
      Amo muitoo

      Excluir
  2. minha cadela esta com essa doença horrorosa ; o nome dela e luara eu a amo espero q tenha cura vou ate onde puder pra q ela fique curada torçam por mim REJIANE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rejiane, vamos torcer sim!
      Sua bb vai melhorar logo logo!

      Excluir
  3. parabéns pelo excelente post!

    ResponderExcluir
  4. obrigada!minha cada esta com essa doença , nos pegamos no inicio e ela ja esta melhor!

    ResponderExcluir

AUbrigada por comentar! Seus cãomentários passam por moderação, ou seja, são lidos e depois publicados. Não serão aprovados os cometários que contenham:

- Pedidos de parceria. (Use o contato p/ isso)
- Propagandas de outros Blog's ou sites.
- Palavrões e/ou ofensas.
- Mixuguês, o Blog do Nerinho não é MSN!
- Links para outros Blogs

Lambeijos do Nerinho e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...